O Museu da Imagem e do Som (MIS), da cidade de São Paulo, vai ganhar uma exposição interativa do grande pintor e inventor italiano Leonardo da Vinci (1452-1519).

A exposição fará parte da nova unidade do museu, chamada MIS Imersão, que abrirá suas portas em outubro no bairro da Água Branca e trará para a capital paulista o primeiro espaço totalmente imersivo da América Latina, com cerca de 150 projetores em um local de 2000 m².

A mostra será uma homenagem aos 500 anos de morte do artista e será a primeira exposição dessa nova unidade. Com 45 minutos de duração, o visitante vai poder caminhar pelas réplicas das obras de Da Vinci, sendo pinturas, esboços, manuscritos e até uma projeção de animação em tamanho real do famoso quadro A Última Ceia. Também, claro, poder ver de perto uma interatividade com o quadro da eterna Mona Lisa.

Reprodução/Museu do Louvre

Da Vinci foi um dos grandes nomes das artes plásticas, do período renascentista, com famosas obras, como as já mencionadas, mas também foi um dos maiores percursores da aviação, balística e um grande visionário que mesmo nos séculos XV e XVI criou protótipos incríveis que hoje se parecem com bicicletas, helicópteros e até maquinários de guerra.

A exposição Leonardo Da Vinci – 500 anos que está em exibição no Canadá e Estados Unidos vem para São Paulo em outubro, ainda sem data oficial.

 

Comentários