A teoria das cordas leva a diversas conclusões magníficas, como a existência do multiverso — mesmo que não seja uma teoria comprovada, com teses que fazem com que muitos até mesmo acreditem na veracidade dessa teoria.

Afinal, o que é esta teoria?

A matéria de nosso universo é consistida por átomos. Os átomos são elementos em que sua estrutura é formada por prótons, elétrons e nêutrons. Elementos, dos quais, são invisíveis a olho nu.

A realidade para ser explicada e entendida, normalmente é vista de uma perspectiva bem próxima — ao menos, na ciência — como a poeira, os micro-organismos mais pequenos, como bactérias, até então que chegamos aos átomos, que pensamos ser a última camada da estrutura de nossos elementos… até um certo ponto. Quando os átomos foram explorados e então “esmagados”, outras camadas, por assim dizer, foram encontradas: partículas rudimentares. Partículas que não são possíveis de se ver, por serem tão pequenas.

Basicamente, o ser humano não pode ver algo sem interagir com isso, pois quando olhamos para algo é lançada uma espécie de “energia” que é refletida de volta para os nossos olhos, ou seja, interagimos com tudo que vemos, mesmo que essa interação seja indireta.

O problema é que o tamanho das partículas são minúsculas demais para as ondas eletromagnéticas, que são liberadas pela visão do ser humano, para poder ver algo; tais ondas não podem tocá-las, já que são muito grandes comparadas ao tamanho de uma partícula. Mesmo que se pudesse usar mais energia para poder “tocar” as partículas, elas, então, seriam alteradas; o que perderia a precisão do processo.

A teoria das cordas basicamente tenta explicar as questões mais básicas do universo; e da metafísica. Esse é um dos motivos que fazem esta teoria ser tão discutida no mundo todo. Claro, não é apenas isso, ela também é um tanto intrigante já que envolve tantas dimensões da ciência e traria resultados incríveis para diversos campos de estudo.

Esta teoria está correta?

Como propriamente dito, é uma teoria e, por mais que tenham encontrado diversos argumentos para embasar e fortalecê-la, ainda assim é uma teoria que pode ou não ser um fato. Apenas se saberá no futuro, já que a ciência é algo que é preciso de muitas teses e muito estudo para que torne algo absoluto.

Deve-se acreditar nesta teoria?

Embora seja uma teoria que envolva bastante lógica, vale lembrar que toda teoria é assim até que prove-se o contrário. Muitos diriam que ela faz bastante sentido, mas ainda assim, é algo a se questionar.

O que ela afeta?

A teoria das cordas afeta diversos campos de estudo, entre eles a metafísica, por envolver partículas menores que átomos; o espaço-tempo e até mesmo envolveria a teoria de multiverso — ideia muito presente em universos de super-heróis atualmente.

Ainda assim, esta teoria torna-se cada vez mais discutida e ganha simpatizantes conforme o tempo. Talvez por explicar diversas dúvidas que temos sobre nosso universo, embora ainda não tenha sido comprovada.

Ela é mencionada em diversas fontes de mídia, assim como é muito mencionada pelo personagem Sheldon Cooper de The Big Bang Theory, sendo seu campo de estudo na série de televisão.

Fontes: Kurzgesagt – In a Nutshell

1 COMENTÁRIO

Comentários