Dickinson é uma das produções originais do novo serviço de streaming da Apple, o Apple TV+. A série é protagonizada por Hailee Steinfeld, e também conta com Jane Krakowski, Anna Baryshnikov, Toby Huss e Ella Hunt no elenco.

A série baseia na misteriosa vida Emily Dickinson, poetisa norte-americana, nascida em 1830 e que teve cerca de 10 poemas publicados em vida. Depois de sua morte, 1750 poemas (aproximadamente) foram encontrados e publicados pela família. No entanto, Emily era uma pessoa muito solitária, mesmo os estudiosos através de uma análise profunda das suas obras, não sabem muito sobre a vida de Emily.

A trama gira da misteriosa vida de Emily Dickinson (Hailee Steinfeld), e aborda as suas dificuldades e receio de ter seus poemas publicados sob seu nome, estando numa família tão conservadora e vivendo tempos onde mulheres não possuíam voz, além de lidar com a própria sexualidade e a pressão da família para que ela encontre um par para que possa se tornar uma boa “dona de casa”.

Dickinson é uma uma mistura de elementos de época com assuntos atuais, expressões e gírias modernas, e uma trilha sonora nada convencional — afinal, não é todo dia que vemos uma série de época alternando entre canções clássicas e Billie Eilish em sua trilha sonora. Mas tudo isso é feito com um propósito: atingir o público mais jovem e modernizar alguns aspectos da produção.

Apesar de ser uma produção voltada ao público adolescente, existem tantos assuntos tratados que fazem da série algo que pode ser apreciado por pessoas de diferentes idades, principalmente se você tiver bons conhecimentos da história norte-americana e e de alguns movimentos que ocorrerão no século XIX, visto que a série aborda temas como sufragismo, escravidão, e além de abordar a sexualidade e o machismo e diversos outros temas, a série se situa nos anos que antecedem a Guerra Civil Americana. Tudo isso é mostrando de forma bastante usual e com humor ácido.

Pelo fato de se saber pouco sobre a vida de Emily, a série opta de forma acertada em acrescentar outras camadas à trama e aproveitar para abordar diversos outros temaspara dar maior sentido à história, que nos fim das contas continua girando em torno do desejo de Emily de ser entendida e ter seus poemas publicados e seu amor correspondido.

Reprodução/©AppleTV+

Emily ainda lida ao longo da primeira temporada com a solidão e o isolamento causado pelas suas ideias que se divergem tanto dos pensamentos das outras pessoas de sua época, por isso, nesses momentos de solidão, Emily se vê flertando com a Morte (Wiz Khalifa) apenas para se ser acompanhada e compreendida.

Como já dito anteriormente, Dikinson, consegue conquistar quem assiste, além de passar diversas mensagens e lições. Com um elenco bem escolhido, um roteiro bem escrito e abordando temas pertinentes, além da fotografia e trilha sonora serem bem cuidadas, a série é uma ótima escolha para quem gosta de produções do gênero.

Dikinson está disponível no Apple TV+ e a primeira temporada conta com 10 episódios de aproximadamente 30 minutos cada. O serviço de streaming já confirmou a segunda temporada da série, mas segue sem previsão de estreia.

3.5

de 5

Comentários