O novo console da Microsoft, Xbox Series X foi finalmente apresentado a todos na noite de premiações do The Game Awards, que ocorreu no dia 12 de dezembro. O sucessor do Xbox One e One X tem previsão de lançamento para o final de 2020, mas seu preço ainda não foi revelado.

O console até então chamado de Project Scarlett será o principal rival do PS5, e promete reproduzir games em 4k a 120 quadros por segundo (FPS). Nada mais que alguns detalhes do Series X foram revelados, por enquanto como o novo design em forma de torre e um joystick característico. Junto ao console também foi anunciado o game Senua: Hellblade II, da desenvolvedora japonesa, Team Ninja. Durante o anuncio foram dadas algumas dicas de como irá funcionar a retrocompatibilidade e também algumas pistas sobre as especificações técnicas.

Design

Sobre o novo design o chefe de divisão do Xbox, Phil Spencer diz que esse formato de torre permitirá uma experiência mais imersiva e poderá ser usado tanto na vertical, quanto na horizontal. A parte superior conta com uma grelha semelhante ao do Mac Pro da Apple onde fica a saída de ar, promete um console tão silencioso quanto seus antecessores.

Controle

Ainda se mantém o design clássico do Xbox Wireless Controller que acompanha o Xbox One. Com a novidade da inclusão do botão share, que irá permitir a captura de tela seja para foto ou vídeo, para rápido compartilhamento, assim como no Dualshock 4 do PS4. Também, contará com um direcional baseado no Xbox Elite Series 2 Wireless, com compatibilidade para Xbox One e PCs com Windows 10.

Jogos

Já anunciado dois títulos para o novo console, o Halo Infinite que também deve chegar pra Xbox One e Windows 10 em 2020. O outro é Senua’s Saga: Hellblade II, título inédito revelado durante a apresentação do console no TGA, confira o trailer do game clicando aqui. De acordo com a Microsoft, as imagens do trailer foram rodadas na própria engine do game.

Retrocompatibilidade

Como já havia anunciado a Microsoft, o seu novo console terá retrocompatibilidade com todas as gerações, desde o Xbox original ao Xbox One. Essa prática foi adotada pela empresa desde 2015. E para essa nova geração a promessa é expandir ainda mais esse recurso.

Foi dito a possibilidade de usar alguns acessórios do Xbox One no Series X. Mas, até então, pouco se sabe como será feita essa retrocompatibilidade. O Xbox Game Pass, entre outros serviços, também estarão disponíveis para o novo console.

Especificações técnicas

Não se sabe muito sobre as informações técnicas do Xbox Series X, mas já se tem um ideia do poder da máquina. Segundo o chefe de divisão do Xbox, Phil Spencer, o novo console será oito vezes mais rápido que o seu antecessor e terá até quatro vezes mais poder de processamento que o Xbox One X.

O Xbox Series X irá suportar resolução de 4k rodando a até 120 quadros por segundo (FPS), também pode atingir a resolução 8k. O streamer gamer Davy Jones comenta sobre o suporte a 8k do novo Xbox.

“Calma, tá? Falam que provavelmente vai ser 8k de resolução, vai ser pra ver filmes, assistir Netflix, coisa do gênero quando tiver daqui pra frente”, diz Davy e completa: “Um jogo em 8k hoje no PC mais insano que você imaginar nem roda isso, tá? Então 8k em jogos é bizarro”. Davy também diz que não impossível, porém muito complicado e caro 8k para jogos.

O Series X contará com um processador AMD baseado na arquitetura RDNA pra GPU. O armazenamento será do tipo NVMe SSD para, segundo a Microsoft, dar fim às telas de loading.

Comentários