“Momo Challenge” no Youtube Kids, incentiva crianças a se automutilarem, segundo relato de alguns pais

Há alguns meses, começaram a circular nas redes sociais alguns relatos sobre um suposto “Momo Challenge”, que incentivava atos de automutilação e suicídio através de um desafio focado no público infantojuvenil. Rumores diziam que o desafio estava presente principalmente no WhatsApp e, que, na verdade se tratava uma farsa para extorquir pessoas e roubar informações pessoais.

A Momo

A personagem usada como a “cara” desse desafio é uma escultura intitulada de “Mother Bird”, criada pelo artista Keisuke Aiso em 2016, e que em 2018 passou a ficar conhecida pelo nome de “Momo” por conta dos polêmicos rumores que circularam a internet.

No início do mês, o artista garantiu que a escultura foi destruída e afirmou:

POR UM LADO, AS PESSOAS QUE USARAM A IMAGEM DO MEU TRABALHO TROUXERAM-ME IMENSOS PROBLEMAS E SINTO-ME MAL POR TER CAUSADA DOR A MUITAS CRIANÇAS. MAS POR OUTRO, COMO ARTISTA, TENHO ALGUM APREÇO PELO FACTO DE A MINHA PEÇA DE ARTE TER SIDO VISTA POR TODO O MUNDO”, DISSE KEISUKE AISO.

O caso envolvendo o Youtube Kids

Em 1º de Março, o Youtube anunciou que iria retirar a monetização de todos os vídeos envolvendo o assunto, mas isto não impediu que conteúdos relacionados continuassem sendo compartilhados e deixando pais preocupados com a ideia de ter seus filhos expostos ao conteúdo.

Segundo uma reportagem na revista Crescer, a personagem estaria aparecendo em vídeos do Youtube Kids, a plataforma voltada para crianças de até 13 anos, criada pela empresa há alguns anos justamente para ultrapassar alguns problemas relacionados à exposição das crianças aos diversos conteúdos presentes na plataforma principal. O Youtube, através do Twitter negou a existência deste tipo de conteúdos dentro da plataforma infantil:

SOBRE O DESAFIO MOMO: NÃO ENCONTRAMOS NENHUM VÍDEO QUE PROMOVA UM DESAFIO MOMO NO #YOUTUBEKIDS. QUALQUER CONTEÚDO QUE PROMOVA ATOS NOCIVOS OU PERIGOS É PROIBIDO NO YOUTUBE. SE ENCONTRAR ALGO PARECIDO, DENUNCIE.

— YOUTUBE BRASIL (@YOUTUBEBRASIL) 15 DE MARÇO DE 2019

No entanto, pais afirmam que vídeos de conteúdo infantil estão sendo interrompidos pela Momo, com cenas que ensinam a prática do suicídio às crianças.

Fonte: Zap, CrescerNerdBunker

Ygor Castro
Uma das mentes por trás do CN42 e também criador do Megacreative. Geek, apaixonado por cultura pop, fotografia, livros, cinema, séries de TV, astronomia, arqueologia e História.
ajax-loader